Aguarde

Pulso

Existem opções de seguro de viagens para esportes radicais?

ViagemEstilo de Vida
16/11/2017

Por: Milena

Muitas pessoas são adeptas de se aventurarem e realizar viagens com um roteiro repleto de adrenalina. Aliás, viajar já é uma ótima opção de lazer, mas imagine a possibilidade de turbinar o passeio com algumas experiências emocionantes. Legal, não é?

 

No entanto, quando pensar nisso, não se esqueça das precauções necessárias para evitar grandes problemas, pois sabemos que nessas horas ninguém quer passar por situações de estresse.

 

Por isso, neste post, vamos dar informações sobre uma modalidade especial de seguros de viagem: o seguro para esportes radicais. Se interessou pelo assunto? Então, confira!

 

Afinal, como funciona e o que é o seguro para esportes radicais?

Essa categoria de seguro está voltada para o turismo de aventura. Uma prática cada vez mais comum e procurada por viajantes do Brasil e do mundo.

 

Geralmente, esse mercado turístico está ligado à prática de atividades como safáris e expedições ou na realização de esportes mais arriscados como rapel, paraquedismo, surf, bungee jump, entre outros.

 

Por tal motivo, as seguradoras desenvolveram planos com coberturas personalizadas para os viajantes que optarem por roteiros com esse perfil. Nesse modelo, além das vantagens já previstas, o contratante pode escolher serviços extras que lhe trarão maior comodidade e segurança para aproveitar bem a sua rota radical.

 

Entre os benefícios oferecidos, estão a assistência médica imediata e o retorno antecipado ao país de origem — quando for necessário.

 

Por que ele é importante?

Com certeza, muita gente deve questionar a necessidade de um seguro viagem. Contudo, é preciso compreender que, mesmo sendo indesejados, os imprevistos acontecem.

 

Dessa forma, não há nada melhor que estar preparado e amparado caso eles ocorram, principalmente quando nos submetemos a riscos maiores. Lembre-se de que a adrenalina está liberada, mas a segurança deve ser prioridade.

 

Por essa razão, é recomendado adequar o seu orçamento não apenas para os gastos com hospedagem e refeição, mas também com medidas que resguardem o seu bem-estar físico e qualquer outra burocracia que não esteja programada.

 

Quais os riscos cobertos pelos seguros?

Bem, normalmente, um seguro de viagem já inclui no seu pacote básico alguns serviços obrigatórios como atendimento médico, remarcação de passagem, assistência funeral, indenização em caso de morte ou invalidez, localização e indenização de bagagem extraviada, despesas jurídicas, entre outros.

 

Todavia, vale ressaltar que existem planos personalizados e adaptados de acordo com a necessidade e o destino de cada cliente. Por isso, nos casos de seguros para esportes radicais, o viajante poderá incluir a cobertura de acidentes que envolvam a prática dessas atividades.

 

O usuário pode especificar no seu plano que tipo de esporte realizará e, assim, ter a assistência necessária se ocorrer alguma eventualidade.

 

Como contactar a seguradora em caso de emergência?

Depois de escolhido e contratado o plano ideal para o seu passeio, é hora de saber qual o caminho para entrar em contato com a seguradora nos momentos que exigem primeiros socorros ou atendimento médico emergencial.

 

Saiba que quando isso ocorrer, certamente, será enviado um profissional até você ou será sugerido um hospital para que seja prestado todo o acolhimento indispensável — quem possui um seguro também pode optar pelo local onde quer ser atendido.

 

Não se esqueça que quanto mais rápido se comunicar com a seguradora, mais ágil será o tempo para que tudo seja providenciado — fique atento ao período máximo de horas estipulado pelo seu plano para que haja essa comunicação. Se houver alguma impossibilidade, faça assim que tiver condições.

 

Qual é o tempo ideal para cobertura?

O contrato de um seguro de viagem dura o mesmo período de toda a sua aventura, começando no dia da sua partida e terminando no dia da sua chegada de volta. Não se esqueça disso, informando a data de chegada em casa e não o dia do vôo de volta, o que é um erro muito comum.

 

A ideia é garantir o máximo de segurança e comodidade  sem surpresas desagradáveis.

 

Porém, não deixe de ter em mãos um comprovante do seu contrato, seja em meio físico ou eletrônico, pois, comumente, eles poderão ser exigidos. Além disso, tenha consigo os números de telefones úteis ou deixe-os com um responsável no seu país de origem e, até mesmo, com um acompanhante.

 

Quanto custa contratar um plano de seguro? É muito caro?

Se pensarmos nas vantagens oferecidas pelo serviço, vamos concluir que para preservar nosso total bem-estar vale muito incluir esse custo no planejamento da viagem.

 

Primeiramente, vale consultar todas as suas necessidades e prioridades. Isso vai ser primordial para garantir uma assistência eficaz — um quesito indispensável no casos de viagens que envolvem esportes radicais.

 

Normalmente, os seguros de viagem variam de preço de acordo com o destino, o tempo de duração e a cotação das moedas. Além, é claro, da abrangência dos serviços de cada plano. No caso de planos para esportes radicais também será considerado se você pratica de forma profissional ou amadora, se participará ou não de alguma competição.

 

Desse modo, pesquise e adéque a sua demanda ao que melhor atende seu pacote turístico.

 

E então, entendeu por que vale a pena investir em segurança?

Depois de conhecer o funcionamento e as vantagens de contratar um seguro para viagem (mais especificamente, seguro para esportes radicais), deve ter ficado mais fácil de compreender a importância desse serviço para quem vai realizar um tour diferenciado.

 

Seja em destinos nacionais ou internacionais, não deixe passar a oportunidade de certificar de que tudo sairá como programado. Portanto, planeje-se até para os imprevistos!

 

Curtiu nosso post sobre seguro para esportes radicais? Gostou das nossas dicas? Esperamos, realmente, que ele tenha lhe ajudado a esclarecer suas dúvidas sobre o assunto e auxiliado a aprimorar o planejamento da sua próxima aventura!

 

Se quiser, você também pode conferir outro artigo nosso sobre seguro viagem:

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo