Aguarde

Pulso

Uso do plano de saúde empresarial: como divulgar as boas práticas

Saúde Empresarial
2/05/2018

Por: Milena

O plano de saúde empresarial é bastante valorizado pelos funcionários, pois resulta comodidade no atendimento médico e melhor qualidade de vida. Entretanto, oferecer o benefício é um desafio para muitas organizações, especialmente para as de pequeno porte, que encontram dificuldades em conciliar esse investimento com o orçamento disponível.

Diante disso, cabe aos empreendedores e gestores buscarem soluções para adequar esse item à realidade da companhia, e uma das formas de fazer isso é estimular o uso consciente do plano de saúde.

Se você está com essa missão em sua empresa, continue a leitura e veja as dicas que separamos sobre o assunto!

As vantagens de um plano de saúde empresarial

Oferecer um plano de saúde aos colaboradores é uma forma de aumentar a satisfação com a empresa e motivá-los, fatores que garantem o bom desempenho nas atividades. Por isso, hoje em dia, a maioria das companhias disponibiliza esse benefício a seus trabalhadores.

O plano de saúde individual, raramente encontrado no mercado, apresenta valor alto e muitas pessoas não têm condições de arcar com esses custos e, muitas vezes, deixam de realizar exames preventivos e buscar tratamentos médicos devido à demora de atendimento na rede pública.

Situações como essas prejudicam a saúde dos funcionários e interferem no desempenho deles. Por outro lado, com um plano de saúde empresarial, eles terão mais comodidade e facilidade em buscar atendimento médico, o que contribui com a qualidade de vida, a melhora na produtividade e a diminuição do número de faltas e atrasos.

Além do mais, quando uma empresa oferece esse benefício, ela é mais valorizada pelos profissionais e isso se torna um fator relevante para atrair e reter talentos.

O que influencia no valor do plano

Diante do exposto, ficam claras as vantagens de contar com um plano de saúde para a empresa, certo? Entretanto, muitos gestores ficam em dúvida se os valores são acessíveis e se os reajustes ao longo dos anos não extrapolarão o orçamento da organização. Você também tem essas dúvidas?

Para resolver essas questões, é preciso analisar as opções de planos de saúde disponíveis no mercado, realizar uma cotação e fazer uma boa negociação para garantir que, além de um bom custo-benefício, o plano contratado conte com uma rede médica de qualidade e que seja adequada ao perfil geral da equipe. Uma boa solução para isso é ter o apoio de uma corretora de seguros nesse processo.

Outro fator extremamente relevante é o reajuste do plano de saúde empresarial que não tem uma taxa fixa. O acréscimo é feito com base na inflação dos serviços médicos e no uso do plano pelos colaboradores, portanto, quanto mais eles o utilizam, mais o custo aumenta. Por isso, é fundamental orientá-los em relação ao uso correto do serviço.

Ações para incentivar o uso consciente do plano de saúde

Para evitar o aumento nos custos do plano de saúde, sua empresa deve investir em ações de comunicação para divulgar as boas práticas quanto ao uso dele, além de programas para estimular a saúde e a qualidade de vida dos trabalhadores. Veja a seguir algumas sugestões de como fazer isso:

Estimule a saúde e a qualidade de vida na empresa

Estabelecer ações direcionadas aos cuidados preventivos com a saúde e o estímulo à melhor qualidade de vida são formas de incentivar o público interno a se cuidar e pode diminuir a procura pelos serviços médicos.

Um exemplo disso são as campanhas de vacinação internas para proteger os funcionários e evitar que eles adoeçam.

Estratégias que incentivem hábitos saudáveis também são relevantes nesse processo. O que pode ser feito, por exemplo, com desconto em academias, fomento para formação de grupos de corrida ou futebol, organização de um café da manhã nutritivo e saudável para as equipes, entre outras ações.

Crie ações de comunicação para divulgar boas práticas

Em alguns casos, o uso excessivo do plano de saúde não se deve a problemas médicos, e sim por falta de informação. Alguns funcionários não sabem da importância de usufruir dele corretamente e como isso interfere nos custos do benefício.

A sugestão é criar ações de comunicação — que podem ser textos no mural, informativos ou vídeos —, orientando a equipe sobre as boas práticas ao utilizar o plano, tais como evitar a ida ao pronto-socorro sem necessidade, guardar os exames para não precisar repeti-los em curto período, entre outras informações.

Criar campanhas de comunicação sobre prevenção de doenças ou divulgar internamente ações conhecidas como o Outubro Rosa e o Novembro Azul também são formas de incentivar o cuidado com a saúde entre o time.

Considere o modelo de coparticipação

Se sua empresa precisa reduzir os custos consideravelmente, mas não deseja retirar o benefício, uma alternativa é fazer a troca do plano e optar pela coparticipação. Nessa forma de contrato, os custos são divididos entre a empresa e o colaborador.

Essa modalidade é positiva para os dois lados, pois a empresa evita a insatisfação da equipe ao não retirar o benefício e eles terão acesso à rede médica por um valor menor se comparado ao plano de saúde individual.

Além disso, a medida desenvolve a utilização de forma adequada, uma vez que o funcionário precisará arcar com uma porcentagem do valor das consultas e exames.

Divulgar boas práticas para incentivar o uso consciente do plano de saúde empresarial pode diminuir os custos com o benefício, sendo positivo para o público interno e para a saúde financeira da empresa.

Você tem interesse em adquirir um plano de saúde empresarial? Entre em contato e solicite uma proposta!

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo