Qual a importância da gestão da saúde dos trabalhadores?

Saúde Empresarial
27/10/2017

Por: Milena

Manter uma equipe trabalhando satisfeita e produtiva no longo prazo é uma tarefa bem mais difícil do que aparenta. Um novo colaborador pode se sentir entusiasmado com suas novas tarefas, mas manter esse nível de energia é sempre um problema, especialmente quando há problemas com a saúde dos trabalhadores. Ela, de certa forma, também é responsabilidade da empresa.

 

Independentemente do tamanho do seu negócio, cuidar do bem-estar físico e mental da sua equipe é um investimento muito importante. Isso beneficia tanto os seus funcionários quanto a sua própria empresa. E se você ainda não está convencido, continue lendo e veja como uma gestão de saúde é importante para qualquer negócio.

 

Por que a gestão de saúde também é boa para os negócios?

 

1. Menos licenças médicas

O nível de absenteísmo, frequência com a qual os colaboradores deixam de comparecer à empresa, é uma das principais causas de prejuízo dentro de um negócio. Em muitos casos, ele é causado pela falta de saúde dos trabalhadores, o que não é nada bom para a produtividade de uma equipe.

 

Todos têm o direito de tirar suas licenças médicas quando necessário, mas algumas delas são muito frequentes ou não são tratadas adequadamente. É o caso de pequenas doenças e infecções que poderiam ser evitadas se o estresse no trabalho fosse diminuído, por exemplo. Ao investir mais em saúde, você também reduz um pouco essas faltas.

 

2. Aumento na produtividade

Ser saudável não significa apenas “não estar doente”. É um estado que envolve vários fatores, como a autoestima e o bem-estar físico. Saúde emocional, convivência social, prática de atividades físicas, alimentação, tudo isso entra em jogo.

 

E, como você já deve saber, quando alguém se sente bem, há um aumento significativo da sua produtividade. O mesmo vale para o desempenho da sua equipe!

 

Ao investir em formas de melhorar a saúde dos seus colaboradores, você também está investindo em uma equipe mais dedicada e rentável. O resultado final dos seus ganhos, por sua vez, pode ser muito maior.

 

3. Retenção de talentos

Manter uma equipe coesa é um desafio. Quando há pessoas que se destacam muito da média do mercado, essa tarefa fica mais complicada, pois outras empresas podem e vão enviar propostas ao seu colaborador de talento. Porém, ao investir na saúde dele, você também está fidelizando essa pessoa.

 

Coisas simples, como auxílio-hospitalar para dependentes e flexibilização dos planos, já podem ser muito relevantes para a escolha de uma vaga. Se você souber qual benefício é mais importante para a saúde dos seus colaboradores, pode desenvolver uma proposta que retenha muito mais profissionais de talento ao longo dos anos.

 

4. Melhoria do trabalho em equipe

Como mencionamos brevemente, a gestão de saúde não envolve apenas curar doenças ou preveni-las, mas também garantir um ambiente mais promissor e receptivo para todos os colaboradores. Um dos fatores que entra em jogo aqui é a interação entre os colegas de trabalho.

 

Ao incluir em sua gestão de saúde alguns meios para melhorar a convivência entre os colaboradores, você terá não apenas uma equipe melhor coordenada como também um grupo de pessoas que se respeitam. E respeito não costuma gerar muito estresse.

 

Como você pode melhorar a saúde dos trabalhadores na sua empresa?

 

1. Campanhas de alimentação saudável

Um corpo bem nutrido tende a sofrer menos com cansaço, é menos afetado por qualquer forma de irritação e fica doente com menor frequência. Por isso, há tantas campanhas que incentivam as pessoas a buscarem dietas mais adequadas para seus estilos de vida.

 

Uma ação assim na sua empresa traz vários benefícios em produtividade, em bem-estar e na redução do número de faltas. Não precisa ser algo muito caro ou extenso, apenas algumas dicas para melhorar os hábitos alimentares. Estimular seus colaboradores a irem ao nutricionista, por exemplo, é uma boa opção.

 

2. Estímulo à prática de exercícios

Trabalhando com a gestão da saúde dos trabalhadores, você já deve ter se deparado com a importância de praticar alguma atividade física. Mesmo com toda a alimentação saudável do mundo, é difícil manter o ritmo sem trabalhar o corpo. Felizmente, você pode facilitar um pouco esse processo.

 

Algo simples, mas que faz toda a diferença, é ter parcerias com academias. Dessa forma, seus colaboradores poderão pagar por esses espaços mais facilmente, além de serem motivados a usá-los. Se for de interesse de todos, pode inclusive haver eventos esportivos para os membros da empresa, combinando exercícios e convívio social.

 

3. Ofereça um bom plano de saúde

Esse é o ponto mais básico em qualquer programa de gestão de saúde. Sem um plano de saúde que cubra as principais demandas dos seus colaboradores, será difícil lidar com os problemas quando eles surgirem. Ter um benefício que permita consultas, terapias e uma rede de hospitais para os casos mais graves, para o profissional e alguns dependentes é o mínimo.

 

Da mesma forma, já que você oferece essa possibilidade, também pode estimular todos a usarem esse benefício com consciência. Pequenos lembretes para consultas preventivas, por exemplo, são muito úteis no longo prazo. Faltar por um dia e ficar saudável é bem melhor do que perder uma semana por estar doente.

 

4. Oficinas com atividades lúdicas

Em muitos momentos, a melhor forma de voltar ao ritmo em suas atividades é parar e relaxar. Depois de passar uma hora seguida organizando documentos e contas, talvez a mente dos seus colaboradores esteja saturada e eles precisem desviar o olhar um pouco. Para isso que servem as atividades lúdicas dentro do ambiente de trabalho: uma partida de xadrez, assistir um episódio de algum programa, meditar, entre outras coisas.

 

Pode parecer que isso apenas gera tempo improdutivo, mas, na verdade, 20 minutos de relaxamento podem fazer com que a próxima hora de trabalho renda duas vezes mais que o normal. E, claro, é uma grande oportunidade para aproximar os membros da equipe em algo que não seja trabalho.

Agora que você entende a importância da gestão da saúde dos trabalhadores, já é hora de investir nessa área. Tem mais alguma dúvida sobre o tema? Então, deixe um comentário com sua pergunta!

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo