Aguarde

Pulso

Entenda o que encarece o plano de saúde empresarial

Saúde Empresarial
14/05/2018

Por: Milena

Oferecer aos seus funcionários um plano de saúde empresarial é uma maneira de assegurar o bem-estar deles e deixá-los motivados a trabalhar em prol de um negócio que valoriza e se esforça para vê-los bem.

No entanto, esse tipo de plano apresenta características específicas e mantê-lo acessível a todos exige algumas estratégias. Em resumo, existem situações que influenciam no valor final desse serviço e é importante que você as conheça para neutralizá-las.

Diante disso, preparamos este post com informações relevantes sobre o tema. Continue com a leitura e descubra o que pode tornar seu plano de saúde empresarial mais caro!

Fatores que encarecem o plano de saúde empresarial

O plano de saúde é um recurso importante e que traz tranquilidade ao colaborador e à sua família. No entanto, alguns fatores podem desencadear um reajuste acima do normal e, por isso, é essencial que todo gestor e empreendedor os conheça. Confira a lista que preparamos para você e fique por dentro!

Número de sinistros

O número de sinistros é o principal aspecto analisado pelas operadoras ao realizar os ajustes no valor do plano de saúde. Em outras palavras, quanto mais o funcionário utiliza os serviços, maior será esse reajuste.

Esse fator recebe o nome de sinistralidade dos planos de saúde e é interessante que você observe esses dados ao longo do ano — frisa-se que o uso demasiado do plano pode indicador problemas graves de saúde e até mesmo condições de trabalho ruins.

Inflação

A inflação é um fator importante para a definição do valor de inúmeros bens e serviços que usufruímos e, obviamente, também afeta o custo do plano de saúde. É interessante observar que, historicamente, a inflação dos serviços médicos se mantém acima da média, elevando esse gasto para a empresa.

Método de remuneração dos médicos

Os médicos são remunerados por atendimento e, em muitos casos, para solucionar um único problema, o paciente passa por diversos profissionais. Essa cultura de vários procedimentos médicos também gera impactos no valor do plano, já que a utilização dos serviços é maior.

Em resumo, quando o indivíduo se consulta com três médicos diferentes e realiza vários exames para tratar um problema, a operadora identifica um uso acentuado e, obviamente, cobrará a mais no próximo reajuste.

Em alguns casos, esse tipo de procedimento e atendimento mais minucioso e especializado é necessário, mas existem situações em que são desnecessários, gerando desperdício de tempo e de recursos.

Boas práticas para reduzir o valor do plano de saúde

Conforme visto, existem algumas situações que se relacionam diretamente com o valor final do plano de saúde empresarial.

Como diretor financeiro, uma de suas preocupações é ter esse custo controlado para que seja possível manter o benefício ativo aos seus funcionários sem afetar a saúde financeira do negócio. O desafio pode parecer complexo, mas existem algumas boas práticas que trazem resultados expressivos e duradouros. Acompanhe!

Conscientize seus funcionários

Ter um grupo de colaboradores consciente sobre a utilização do plano de saúde é essencial. O uso correto e moderado desse benefício assegura que o valor cobrado não extrapole o razoável e continue a ser usufruído por todos.

Nesse sentido, é importante enfatizar a maneira correta de utilizar o plano e, claro, sobre os riscos e os prejuízos de fraudes, como a utilização do benefício por um terceiro e a ocultação de uma doença preexistente.

Invista em campanhas de prevenção

A prevenção é sempre o melhor remédio, não é mesmo? Incentivar bons hábitos em seus colaboradores é uma excelente maneira de reduzir os custos com plano de saúde e ainda assegurar que sua equipe esteja sempre saudável e produtiva.

A prática de atividades físicas e a manutenção de uma alimentação saudável e de relacionamentos sociais estáveis contribuem para uma melhor qualidade de vida e, consequentemente, para a redução dos atendimentos médicos.

Conheça as necessidades dos seus colaboradores

Antes de escolher um plano de saúde, você deve entender a realidade de seus funcionários. Existem serviços que poderão ser mais ou menos demandados, e a escolha correta pode reduzir esse gasto para sua empresa.

É importante observar que as operadoras podem personalizar os modelos e ofertar um produto que atenda as necessidades básicas de seus colaboradores e que tenha uma boa cobertura por um preço justo.

Pense na coparticipação

Algumas empresas arcam com todo o custo do plano de saúde para seus funcionários. No entanto, existe a possibilidade de dividir esses valores com o colaborador, tornando o benefício menos oneroso para o negócio.

A coparticipação tem sido uma opção bastante utilizada. Em geral, ela não prejudica tanto o orçamento da empresa e não deixa os funcionários desprotegidos e insatisfeitos. Além disso, acaba contribuindo para um uso mais consciente do recurso, visto que os gastos são repartidos.

Consulte uma corretora

Escolher o melhor plano de saúde empresarial não é uma tarefa simples. Existem muitas operadoras disponíveis no mercado, ofertando produtos e serviços variados e por valores que costumam oscilar bastante.

A melhor saída para não cometer erros e encontrar uma boa operadora para esse tipo de serviço é por meio do auxílio de uma corretora. Uma empresa especializada e com experiência poderá analisar o perfil de seus funcionários e indicar a melhor opção em meio a tantas empresas.

Conforme visto ao longo do post, o plano de saúde empresarial é um benefício interessante a ser ofertado aos seus funcionários. Muitas empresas já apostam nessa opção, pois cuidar do seu capital humano é uma maneira de se manter produtiva e rentável.

No entanto, para que esse benefício não comprometa a saúde e estabilidade financeira do negócio, é preciso monitorar os gastos com o plano e adotar boas práticas. As dicas apresentadas acima são realmente úteis e, acredite, trarão resultados expressivos ao custo final do serviço.

Ainda assim, é bom reforçar que o apoio de uma corretora é essencial e garante que sua empresa faça a melhor escolha e não enfrente problemas no futuro. Portanto, antes de tomar qualquer decisão, não deixe de ouvir as orientações de uma boa empresa do ramo!

Quer conversar um pouco sobre planos de saúde para sua empresa? Entre em contato com a Pulso Seguros!

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo