Cobertura de seguro ou serviços de assistência: quais as diferenças?

Estilo de Vida
5/02/2018

Por: Milena

É comum haver muitas dúvidas quando se fala em seguro, e um item que causa grande confusão é a diferença entre cobertura e assistência.

 

Resumidamente, a primeira está relacionada à perda ou dano ao patrimônio ou a vida e gera uma indenização; já a assistência é uma prestação de serviço oferecida pelas seguradoras para resolver situações emergenciais.

 

No decorrer deste artigo, falaremos mais sobre cada um desses itens, continue a leitura e esclareça todas as suas dúvidas sobre o assunto!

 

Cobertura de seguro

A cobertura é a proteção contratada pelo segurado. Isso garante que em caso de imprevistos que danifiquem o patrimônio o cliente seja indenizado, evitando, assim, prejuízo financeiro em variadas situações.

 

Há coberturas específicas para cada segmento: auto, residencial, viagem, vida, entre outros. No caso do seguro de carro, por exemplo, a principal cobertura — também conhecida como compreensiva — inclui proteção para roubo, furto, colisões, incêndio e fenômenos naturais, mas é possível incluir ainda proteção aos vidros, cobertura de terceiros, entre outras.

 

No seguro residencial, a proteção básica garante indenização em casos de explosões, incêndios e queda de raios; para uma cobertura mais completa, é preciso adquirir garantias adicionais.

 

Dessa forma, ao contratar um seguro, você deve analisar todos os riscos aos quais está sujeito para ter uma cobertura de acordo com suas necessidades e evitar imprevistos. Por isso, é importante analisar atentamente os detalhes do contrato, as garantias e as exclusões do seguro.

 

Quando a cobertura é utilizada

A cobertura será utilizada quando houver um sinistro, isso quer dizer que diante da ocorrência de um evento inesperado ou involuntário a seguradora arcará com o prejuízo ou parte dele, contanto que ele esteja previsto na apólice.

 

Além disso, em alguns casos, será necessário o pagamento da taxa de franquia — um valor definido previamente em contrato que é de responsabilidade do segurado. Sendo assim, caso você se envolva em um acidente de carro e ele tenha danos parciais, você pagará a franquia e a seguradora assumirá o valor restante do conserto.

 

Contudo, a franquia do seguro auto é isenta em alguns casos:

  • coberturas de danos a terceiro;
  • colisão com perda total — quando o custo do reparo ultrapassa 75% do valor do carro;
  • roubo e furto sem recuperação do veículo.

As franquias também são aplicadas em outros casos: no seguro residencial com proteção básica não há franquia, mas nas coberturas complementares isso não acontece, portanto, é importante avaliar essas informações em seu contrato.

 

Como funciona o pagamento da indenização

Independentemente do tipo de seguro, em caso de sinistro, o cliente deve informar o fato à seguradora e enviar a documentação solicitada. Com isso, será aberto um processo para verificar a cobertura contratada e a vistoria do patrimônio. Em acidentes de trânsito, roubo ou furto o segurado também deve fazer um boletim de ocorrência e enviá-lo à seguradora.

 

O prazo para o pagamento da indenização é de 30 dias, contados a partir da entrega da documentação. Entretanto, caso haja necessidade de documentação completar, o prazo é suspenso e iniciado a partir da nova data de entrega.

 

Serviços de assistência

As assistências são serviços adicionais que podem fazer parte do pacote do seguro ou serem contratados separadamente. Elas não incluem indenização e não há aviso de sinistro.

 

Algumas pessoas acreditam que a assistência auto ou residencial protege o patrimônio, o que é um engano, pois em caso de danos ao bem o cliente deve ter um seguro para que o prejuízo seja coberto. A assistência é utilizada em reparos e situações emergenciais de menor gravidade.

 

O serviço varia de acordo com a seguradora e com o contrato. Algumas empresas, por exemplo, oferecem assistência residencial junto com o seguro auto. Esses benefícios tornam o plano mais atrativo e as diferenciam dos concorrentes, por isso, ao fazer a cotação do seguro, é essencial avaliar a oferta desses itens para analisar o melhor custo-benefício.

 

Para acionar a assistência, o cliente deve entrar em contato com a seguradora e solicitar o serviço desejado dentro do pacote contratado. Os seguros auto costumam ter assistência 24 horas para pane seca, elétrica ou mecânica, além de chaveiro, serviços de guincho, carros extras e higienização. Já os seguros residenciais oferecem assistência hidráulica, eletricista, chaveiro, conserto de eletrodomésticos, desentupimento, entre outros.

 

Além desses serviços, muitos pacotes de Assistência incluem descontos especiais para você, como em ingressos de cinema, teatro, manutenção do carro. Esteja atento pois são vantagens que você não pode perder!

 

Cobertura e assistência em cada tipo de seguro

Como falamos no início do artigo, há diferentes modalidades de seguros e para esclarecer melhor o assunto vamos listar, a seguir, as principais coberturas e assistências de cada um deles. Contudo, é importante lembrar que a proteção e os serviços variam de acordo com cada contrato.

 

Seguro auto

  • cobertura: roubo e furto; incêndios; explosões; colisão; alagamentos e responsabilidade civil facultativa (danos a terceiros);
  • assistências: guincho; carro extra; chaveiro; reparos mecânicos, limpeza, atendimento leva e traz etc.

Seguro residencial

  • cobertura: queda de raio; incêndio; explosões; vendaval; roubo ou furto, danos elétricos e cobertura de terceiros;
  • assistência: chaveiro; desentupidor; serviços elétricos e hidráulicos; conserto de eletrodomésticos, entre outros.

Seguro de vida

  • cobertura: invalidez parcial ou total por acidente; doença terminal; morte natural ou acidental; despesas médicas, hospitalares e odontológicas;
  • assistência: o seguro de vida oferece assistência para o funeral e, em alguns contratos, o beneficiário tem direito a receber cesta básica mensal durante um ano.

Seguro viagem

A partir da resolução 315/2014, da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), que entrou em vigor em março de 2016, o seguro viagem e a assistência viagem se tornaram um só produto. Sendo assim, a cobertura inclui:

  • assistência médica por doença, acidente ou gravidez;
  • atraso ou cancelamento de voo;
  • bagagem extraviada;
  • despesas com remoção ou transferência em casos de emergências.

Algumas pessoas desconhecem os serviços de assistência de seu plano e arcam com custos desnecessários de chaveiro ou encanador, por exemplo. Por isso, é fundamental que o segurado fique informado sobre a cobertura e assistência que constam em seu contrato, pois tal fato ajuda a afastar imprevistos e pode gerar economia.

 

Quer saber mais sobre o assunto? Acesse nosso artigo sobre assistência de seguro de carro e entenda melhor como ele funciona!

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo