Recrutamento e seleção: 4 dicas de ferramentas e tecnologias úteis

Negócios
16/04/2018

Por: Milena

Não há como negar que o sucesso de uma empresa está diretamente relacionado à qualidade técnica dos seus recursos humanos. Profissionais qualificados e bem treinados são ativos valiosos dentro das organizações, sobretudo quando as atividades desenvolvidas dependem deles.

Por isso, a fase de recrutamento e seleção de colaboradores da empresa é, sem dúvida, momento de extrema importância. Quando bem desenvolvida, essa tarefa tem a capacidade de identificar e selecionar novos talentos, criando oportunidades valiosas para que a empresa seja ainda mais eficiente e produtiva.

Nesse contexto, hoje, a tecnologia dá uma série de opções para auxiliar no processo de seleção e recrutamento. Soluções inovadoras agilizam o processo, aprofundam as análises e otimizam as decisões de contratação de candidatos.

Quer conhecer algumas dessas ferramentas? Neste post, separamos 4 delas que farão toda a diferença no recrutamento da sua empresa. Confira!

1. Portais de vagas de emprego

Apesar de não ser uma ferramenta nova, com os avanços da tecnologia e mudança dos hábitos das pessoas, continuam sendo uma opção interessante para otimizar o processo de seleção de funcionários.

Os portais de vagas de emprego são espaços estratégicos, nos quais a busca por bons candidatos se torna muito mais simples e segmentada.

Existem diversas plataformas especializadas nesse tipo de serviço, cada uma com características próprias, como filtros mais detalhados, que podem ser utilizados para encontrar candidatos com habilidades, formação e localização específicas, por exemplo.

2. Redes sociais

Com tantas pessoas utilizando as redes sociais diariamente, elas também se tornaram um ambiente fértil para a divulgação de oportunidades de trabalho. O potencial dessas redes é tão grande que, hoje, existem páginas específicas para fins profissionais, como é o caso do LinkedIn.

Muitas empresas optam por utilizar esse tipo de canal ao promover suas seleções. Isso porque as ofertas de emprego acabam alcançando uma grande quantidade de pessoas, aumentando a robustez e probabilidade de sucesso da seleção.

As redes sociais mais utilizadas são o Facebook e o LinkedIn, porém, nada impede que outras sejam utilizadas. Tudo depende do perfil da empresa e dos profissionais que ela busca.

3. Softwares de análise comportamental

O comportamento de uma pessoa, mesmo que em pequenos gestos involuntários, pode dizer muito sobre a sua personalidade, atributos e, também, das suas falhas. Esses são pontos cruciais no processo de seleção de colaboradores, afinal, busca-se sempre um perfil de profissional mais alinhado aos objetivos e clima organizacional da empresa e que tenha menor probabilidade de gerar riscos a ela.

Nesse aspecto, a tecnologia tem muito a contribuir com a rotina dos recrutadores. Os softwares de análise comportamental, por exemplo, podem reforçar a qualidade das interações com candidatos, identificando pontos que dificilmente seriam percebidos sem uma análise profissional e minuciosa do comportamento do indivíduo.

Esse tipo de solução é uma saída altamente estratégica para garantir o sucesso das seleções, aprofundando os critérios de análise para o preenchimento de vagas, especialmente aquelas que demandam maior grau de responsabilidade e liderança.

4. Softwares de recrutamento digital

Outro recurso tecnológico que pode otimizar bastante o trabalho de recrutamento nas empresas é um software específico para essa finalidade. Essa é uma ferramenta completa, que auxilia em todas as etapas do processo, tais como:

  • atração: o software auxilia na divulgação das vagas por meio dos canais certos, como portais de vagas, aumentando a probabilidade de encontrar os melhores candidatos;
  • triagem: o sistema também ajuda no afunilamento da seleção, separando somente os candidatos que atendem aos pré-requisitos estabelecidos para o cargo, o que poupa tempo e aumenta a eficiência do recrutamento;
  • seleção: de maneira mais sistemática e profunda, o software realiza o desempate dos candidatos avaliando diferentes critérios e gerando uma pontuação para cada indivíduo. Assim, a decisão se torna mais transparente e precisa, facilitando o trabalho dos recrutadores.

Por fim, o recrutamento e seleção de candidatos, hoje, recebe um reforço bastante significativo da tecnologia. As ferramentas e recursos listados são exemplos de como tornar esse processo mais dinâmico, ágil e com maior potencial de gerar bons resultados.

Agora que você já sabe como otimizar o processo de seleção de colaboradores, não pare por aqui. Saiba como reter talentos oferecendo os melhores benefícios lendo nosso artigo sobre o tema!

0/5(0 Reviews)

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo