Segurança para os filhos: entenda o papel do seguro residencial!

Residencial
18/02/2019

Por: Milena

Quem tem crianças em casa sabe o quanto é difícil estar atento a todos os movimentos dos pequenos pela casa. E o ambiente doméstico, segundo o Ministério da Saúde, é o local de maior ocorrência de acidentes com criança no país.

Por isso, além dos cuidados básicos,  como a proteção das tomadas e a colocação de redes de proteção em varandas, os pais devem ficar atentos aos cuidados de uma forma mais ampla, buscando o bem-estar de todos os membros da família e principalmente a segurança para os filhos.

Elaboramos este artigo com o objetivo de mostrar como o seguro residencial pode trazer proteção para a família, não apenas sob a perspectiva prática como também sob a ótica do planejamento familiar e financeiro. Quer saber mais? Acompanhe a leitura e entenda!

Seguro e proteção contra danos

Os seguros residenciais atuam diretamente na segurança dos filhos pois cobrem questões vinculadas a problemas como incêndios, explosões, danos elétricos, roubos e diversos outros prejuízos causados ao imóvel. Além desses aspectos, o mercado também oferece opções de seguro com cobertura para despesas de aluguel ou ainda serviços de assistência para problemas elétricos, hidráulicos, entre outros.

A relação entre esse cuidado e a proteção dos membros da família está vinculada ao fato de que a ausência de planejamento de uma assistência em caso de problemas pode vir a prejudicar a todos, inclusive os menores. Qualquer dano causado ao imóvel e que afete a rotina e a qualidade de vida da família pode ser evitada ou minimizada quando coberta por um seguro familiar adequado.

Segurança financeira como proteção da família

Por mais cuidado que você tenha com o seu imóvel, isso não o deixa totalmente livre de passar por problemas e situações imprevistas. Todos estão sujeitos a problemas e é impossível prever o momento no qual eles vão acontecer.

Então surge outro aspecto importante quando se fala em seguro residencial: o que fazer se a família não está financeiramente preparada para arcar com os prejuízos de um roubo ou de um dano elétrico severo no imóvel? Qual será o impacto deste problema na rotina familiar?

Esse tipo de preocupação é evitada quando a família aposta na contratação de um seguro residencial. Ele atua como uma medida de prevenção, além de se caracterizar pelo baixo valor investido.

Responsabilidade civil familiar

Você sabia que o seguro residencial possui coberturas relacionadas aos danos causados pelos membros da família contra outras pessoas? Chamada de cobertura de responsabilidade civil familiar, ela ampara financeiramente em caso de ocorrência de danos a terceiros.

Um exemplo simples de situação coberta é caso seu filho chute uma bola e quebre a janela do vizinho. Além disso, se algum amigo da escola que estiver de visita se machucar dentro da sua casa a cobertura cobrirá as despesas com os imprevistos.

Como você pode ver a segurança do local onde moramos é primordial para garantir segurança para os filhos. Entretanto, é preciso ficar atento: ao contratar um seguro residencial procure um serviço de confiança que garanta toda a proteção necessária de acordo com as suas necessidades.

Para isso, o mais indicado é sempre optar pela contratação do serviço via corretora de seguros. Uma empresa séria e com experiência no mercado poderá analisar a melhor opção dentro do perfil do conjunto familiar.

Gostou deste artigo? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de outros conteúdos relevantes sobre segurança e proteção familiar.

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo