O que é e como funciona o seguro para riscos de engenharia?

Seguro para Riscos de Engenharia
28/12/2017

Por: Milena

Você já ouviu falar do seguro para riscos de engenharia? Ele não só é importante para quem lida com grandes construções, mas também com projetos de reformas e obras residenciais. Contudo, especialmente nesse meio, é comum que existam dúvidas sobre o que é esse seguro e como ele funciona.

 

Isso não é surpreendente, afinal, não há formulários padronizados para o risco de engenharia e a cobertura pode variar muito de seguradora para seguradora, e de projeto para projeto.

 

Se estruturado corretamente, no entanto, esse seguro será a espinha dorsal para eliminar riscos e evitar perdas financeiras no seu negócio.

 

A seguir, você entenderá como funciona esse seguro, quais suas nuances e o que deve considerar na hora de escolher o seu! Acompanhe.

 

O que é o seguro para riscos de engenharia?

O seguro para riscos de engenharia é um tipo especializado para proteger projetos de construção, grandes ou pequenos. A cobertura desse seguro começa na data efetiva do início de uma obra e termina quando o trabalho é concluído e a propriedade fica pronta.

 

Assim como nenhuma obra é igual, não há duas apólices do seguro iguais. Contudo, algumas coberturas são básicas, como perda de propriedade devido a incêndios, raios, granizo, explosões, furacões, roubo, vandalismo e outros.

 

Os alagamentos, inundações e os ventos nas zonas de praia são geralmente excluídos, mas as extensões de cobertura podem ser compradas para projetos em locais vulneráveis ​​a esse tipo de situação.

 

Outras coberturas comuns incluem desgaste natural, roubo de funcionários, ferrugem e corrosão, erro de execução, avarias mecânicas e danos resultantes de design, planejamento, fabricação e materiais defeituosos.

 

Quais tipos de propriedade o seguro cobre?

Geralmente, um seguro para riscos de engenharia básico abrange as estruturas enquanto estão em construção, bem como materiais, suprimentos e equipamentos que estão no local, em trânsito ou temporariamente em outros lugares.

 

A cobertura também pode incluir ou ser estendida para arcar com os custos que ocorrem quando algum problema que foi coberto pelo seguro causa atraso na conclusão do projeto e até mesmo por falha do projeto!

 

É possível adicionar outras coberturas na sua apólice como extensão. As extensões são geralmente compradas para andaimes, formas de construção e estruturas temporárias, remoção e eliminação de detritos em caso de perda e limpeza de poluentes.

 

Quem precisa de cobertura de riscos de engenharia?

Qualquer pessoa ou empresa com interesse financeiro em uma obra precisa de cobertura para riscos de engenharia. As partes interessadas incluem o dono da propriedade e os trabalhadores do projeto, que têm interesses envolvidos até que este seja concluído e eles sejam pagos.

 

Se o projeto for financiado, o credor pode exigir cobertura e também será um segurado nomeado de acordo com a política. Arquitetos e engenheiros também podem ser nomeados na política do seguro se não forem cobertos de outra forma.

 

O que você precisa considerar ao contratar o seguro?

Há muitas opções de seguro no mercado. Porém, é preciso cuidado para não acabar com um contrato que não atenda aos requisitos necessários para seus projetos de obras residenciais.

 

Abaixo, separamos algumas diretrizes básicas para lhe ajudar a saber o que procurar no seu seguro para riscos de engenharia, entender suas exposições e limitar seus riscos.

 

Encontre um corretor experiente

Como cada projeto de construção tem riscos exclusivos, é importante trabalhar em estreita colaboração com um corretor e seguradora para projetar a cobertura exclusiva que cada projeto precisa.

 

Seu corretor de seguros também pode ajudá-lo a selecionar a quantidade adequada de cobertura e fornecer cotações de várias seguradoras diferentes, garantindo que você faça o melhor negócio para sua empresa.

 

Considere todos os seus riscos antes de contratar o seguro

Faça um inventário de todos os riscos para o projeto, incluindo aqueles no local de construção ou que podem acontecer com os materiais em trânsito e em diferentes fases do projeto.

 

Você pode optar por comprar ampla proteção para propriedades de todos os tipos ou pode optar por restringir sua cobertura a propriedades e riscos específicos.

 

Seja qual for o nível de cobertura que você escolher, revise cuidadosamente as disposições da política do seguro para garantir que não haja lacunas ou surpresas indesejadas no futuro em caso de perdas.

 

Saiba quando a cobertura começa e termina

O seguro para riscos de engenharia geralmente produz efeitos a partir da data em que todos os contratos são assinados, Certifique-se de compreender especificamente o que desencadeia o início da sua cobertura e garantir que os trabalhos estejam programados para depois dessa data.

 

O seguro de riscos de engenharia é temporário. Sua apólice indicará as condições em que a cobertura cessará. Isso pode variar, mas, geralmente, ocorre quando a obra termina, após a ocupação, ou quando a construção é colocada no uso pretendido.

 

A cobertura cessa automaticamente, por isso, você pode recomendar ao seu cliente que providencie um seguro de propriedade permanente antes da data de validade.

 

Compreenda a extensão da cobertura por problemas de trabalho

De modo geral, as apólices de risco de engenharia excluem os custos de reparar ou corrigir o trabalho defeituoso realizado pelos seus contratados.

 

No entanto, o seguro pode abranger os problemas causados por falha da mão de obra e isso deve estar bem explícito. Se a sua apólice contiver tal disposição, certifique-se de compreender a extensão da cobertura.

 

Leia detalhadamente sua apólice

Antes de assinar seu contrato, leia cuidadosamente todas as disposições da apólice do seguro. Verifique novamente todas as coberturas, condições e exclusões e discuta isso com seu corretor de seguros especializado. Certifique-se de entender o que será e não será segurado se ocorrer uma perda.

 

O seguro para riscos de engenharia é uma forma de reduzir suas perdas e garantir que seu projeto ocorra com o mínimo de problemas. Seguindo essas dicas, e contando com o apoio de um bom corretor, você garantirá que sua obra tenha a apólice certa para proteger seus lucros!

 

E você, já conhecia o seguro para riscos de engenharia? Ficou com alguma dúvida sobre sua cobertura e como contratá-lo? Entre em contato conosco! Estamos aqui para ajudá-lo!

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo