Saiba o que a empresa deve fazer ao contratar o seguro empresarial

Negócios
13/02/2019

Por: Milena

Sua empresa precisa estar segura, principalmente em relação ao patrimônio, para se dedicar aos seus objetivos. Para esse fim, a melhor solução é a contratação de um seguro empresarial. A iniciativa, no entanto, exige alguns cuidados da parte do gestor para que as coberturas sejam as mais adequadas às necessidades. Ao mesmo tempo, o processo precisa ser conduzido em conformidade com as demandas e as regras do jogo.

Continue a leitura e saiba o que a empresa deve fazer para contratar o seguro empresarial que necessita.

Benefícios do seguro empresarial

Os principais benefícios obtidos com a contratação do seguro empresarial resultam principalmente das coberturas definidas na apólice. De modo geral, visam a proteção do patrimônio da empresa, assim como de terceiros.

Garantia da preservação das atividades

Trata-se da proteção contra danos ou prejuízos resultantes de eventos adversos, como incêndios, temporais e enchentes. Assim, instalações, máquinas e equipamentos danificados são ressarcidos para que a empresa possa dar continuidade às suas atividades.

Da mesma forma, furto, roubo, descumprimento contratual, entre outros, constituem sinistros que também contam com proteção no seguro empresarial. Tudo para garantir que os negócios estejam a salvo.

Proteção no caso de responsabilidades civis

Aqui o objetivo é proteger quanto às responsabilidades da empresa caso tenha provocado, acidentalmente ou involuntariamente, danos ou prejuízos a terceiros. São diversas as possibilidades, de modo que a empresa define quais as mais adequadas para sua realidade.

Serviços de assistência 24 horas

A assistência possibilita o atendimento nos casos de situações emergenciais. Dessa forma, complicações hidráulicas ou elétricas nas instalações da empresa, assim como a necessidade dos serviços de chaveiro, por exemplo, encontram solução na assistência 24 horas.

Cuidados ao contratar

Contar com a assessoria de uma corretora de seguros

O primeiro passo para a contratação do seguro empresarial é contar com a assessoria de uma corretora experiente e de confiança. Ela poderá fornecer toda a orientação segura e precisa para a composição da apólice.

Fornecer informações exatas

O seguro, por natureza, é um contrato de boa-fé. Isso significa que as informações fornecidas para a seguradora com vistas à elaboração da apólice devem ser exatas para não haver comprometimento depois.

Providenciar a documentação necessária

Para a contratação do seguro, são necessários alguns documentos que a empresa deve providenciar. Podem existir algumas variações entre as exigências das seguradoras, mas, de maneira geral, os principais documentos são:

  • CNPJ;
  • contrato social;
  • alvará de funcionamento;
  • inscrições estadual e municipal;
  • guias de recolhimento fiscal;
  • CPF de um dos donos da empresa;

Analisar o conteúdo da apólice

Você deve providenciar uma leitura geral do contrato antes da assinatura. Trata-se de uma avaliação completa e detalhada da apólice com os dados fornecidos e as coberturas pretendidas.

Importância do seguro para a empresa

O seguro empresarial é parte essencial das medidas de garantia de continuidade dos negócios. A preservação do patrimônio da empresa, desse modo, é uma iniciativa estratégica.

Alguns riscos podem variar de uma empresa para outra, principalmente em razão da atividade de cada uma. No entanto, qualquer empresa pode sofrer uma perda significativa em razão de intempéries, inadimplências contratuais ou ações criminosas.

Assim, a tranquilidade necessária para focar na produção ou prestação de serviços é indispensável. Nesse sentido, o melhor instrumento é a apólice de seguros da empresa. Com isso, você já sabe o que fazer para contratar um seguro empresarial e pode dedicar sua atenção ao desempenho dos negócios.

Gostou do post? Destacamos este outro material para você complementar com as principais coberturas do seguro empresarial.

Cadastre-se e receba nosso conteúdo exclusivo